Igreja Universal – Cabo Verde

LOGO

Youtuber morre após despencar do 62° andar

 

Youtuber morre após despencar do 62° andar

O chinês Wu Yongning, de 26 anos, morreu no dia 8 de novembro último, após cair do alto do arranha-céu em Changsha, capital da província de Hunan, na China.

O jovem era conhecido na internet por postar vídeos e fotos nas quais aparecia escalando prédios sem nenhum equipamento de segurança.

De acordo com o jornal local, South China Morning Post, quando o youtuber caiu do prédio ele competia para ganhar um prêmio equivalente a 15.000 dólares que seria usado para o seu casamento e para cobrir despesas de um tratamento médico da mãe.

O jovem Wu, tinha treinamento em artes marciais e chegou a trabalhar como dublê em filmes chineses, mas sua maior realização foi quando passou a se dedicar exclusivamente a divulgar nas redes sociais suas aventuras no alto de edifícios. Cerca de 300 vídeos foram gravados pelo jovem desde fevereiro, quando iniciou suas atividades. Ele tinha mais de 60.000 seguidores virtuais que estranharam a falta de atualizações em sua página. Mas, no dia 8 de dezembro último, a namorada do jovem revelou em sua conta no Weibo, um tipo de Twitter chinês, o que realmente havia acontecido: “hoje, dia 8 de dezembro, me faz pensar em 8 de novembro, o dia em que você nos deixou e deixou este mundo”.

Os perigos da internet

Estes tipos de desafios publicados na internet vêm se tornando cada vez mais frequentes. Pessoas em busca de likes e de milhares de seguidores têm se sujeitado a enfrentar situações perigosas e, infelizmente, não usam do bom senso, e acabam pagando com a vida, como o jovem chinês.

Para o advogado criminalista e membro efetivo da Comissão Especial de Direito Digital, Luiz Augusto Filizzola D’Urso, este tipo de vídeo na internet pode induzir outras pessoas a querer praticar a mesma atividade, aumentando assim o número de incidentes. Mas, é preciso que as autoridades reajam para evitar tal situação. “Não se pode dispensar a atuação do Estado, para que implemente a Educação Digital para crianças e jovens, a fim de ensiná-los, desde cedo, os perigos da internet e o que se deve ou não acessar. Sustentamos, também, a necessidade de o legislativo criminalizar a conduta de induzimento à autolesão corporal, isto é, tornar crime o ato de alguém induzir o outro a cometer a autolesão corporal.”

Com estas medidas, talvez se coloque um freio nesta mega exibição virtual indevida desses vídeos às crianças e jovens inocentes, “que estão sendo vítimas, expondo suas vidas ao perigo quando repetem comportamentos ou realizarem estes desafios absurdos”, comenta.

Use a internet com moderação

Em seu blog pessoal, o bispo Edir Macedo alerta sobre o uso da internet e explica que não há mal nenhum em usar essa ferramenta, mas infelizmente existem pessoas que acabam se tornando escravas dela.

“O diabo sabe que não é onipresente, então, fica 24 horas online buscando suas presas. O que não falta são aplicativos, grupos e ferramentas para lhe manter ocupado na internet, as iscas do mal são tentadoras. Não é errado usar a internet, celular, computador ou aplicativos. O que é errado é se tornar escravo deles. Você tem protegido o seu computador contra os vírus, mas será que a sua alma tem sido infectada com vírus malignos? A internet tem levado muitos a tocarem no fruto da árvore da vida. O diabo disse: “Coma e você se tornará conhecedor do BEM e do MAL…Quando se usa a internet de maneira responsável e, principalmente, com temor a Deus, essa rede não leva você para o inferno”, disse.

E você, tem atitudes que são reflexo do que os outros fazem? Precisa de uma transformação em sua vida? Então, participe das reuniões da Universal e aprenda como é possível ter a direção Divina em tudo o que faz. 

Fonte: Universal.org

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*