Igreja Universal – Cabo Verde

LOGO

Você sabia que a depressão tem cura?

Você sabia que a depressão tem cura?

Em um estudo realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mostrou que atualmente existem cerca de 120 milhões de pessoas no mundo que sofrem de depressão.

E estima-se que em Portugal 400 000 portugueses entre 18 e 65 anos sofrem de depressão por ano. O estudo ainda afirma que aproximadamente 850 mil pessoas morrem por ano em decorrência deste mal.

Ainda de acordo com a OMS, até 2020 a depressão será a principal doença mais incapacitante em todo o mundo. Isso significa que quem sofre de depressão tem a sua rotina virada do avesso. A pessoa deixa de produzir e tem a sua vida pessoal bastante prejudicada.

A depressão ainda pode causar dificuldades de concentração, variação de humor, falta de apetite e até pensamentos suicidas.

Mas, apesar de ser uma doença perigosa, que pode causar a até mesmo a morte, a depressão tem cura. Em seu blog, o bispo Edir Macedo, explica que a depressão nada mais é do que um estado permanente de dúvida.

“Sou leigo em medicina convencional, mas entendo um pouco da espiritual.
Depressão é problema estritamente espiritual. Que droga medicinal é capaz de curar uma enfermidade espiritual? Quantas pessoas se suicidam, após crises depressivas? E o que as filosofias freudianas têm feito para reverter tal quadro? Nada. Por quê? Porque, se o problema é de origem espiritual, sua solução também é espiritual. Em se tratando de problema espiritual não há como evitar apelar para a fé”, comentou.

Você também tem passado por uma situação difícil? Se sente triste e acumula angústias? Então, saiba que há cura para a sua dor. Participe todas as terça-feiras, na Universal do Templo Maior ou em uma Universal mais próxima de si.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*