Igreja Universal – Cabo Verde

LOGO

Universal chega ao Líbano

Universal chega ao Líbano

No dia 10 de junho último, foi inaugurada a primeira Universal no Líbano, país localizado na Ásia Ocidental, que faz fronteira com Israel, Síria e Chipre pelo Mar Mediterrâneo, cuja diversidade religiosa – são 18 religiões oficiais – é a maior do oriente médio. A população é formada 54% de muçulmanos, 40,4% de cristãos e 5,6% de drusos.

O país é cenário de muitos acontecimentos bíblicos relatados no Velho e Novo Testamento. Foi lá, por exemplo, que Jesus realizou o primeiro milagre: a transformação da água em vinho. Parte de Caná da Galileia, a cidade onde ocorreu o milagre, está localizada no território libanês.

Tiro e Sidom, mencionadas por Jesus no versículo 21 do capítulo 20 do livro de Mateus, também são cidades libanesas. Entre essas duas cidades está Sarepta, lugar em que Elias se refugiou e realizou o milagre na casa da viúva. É também no Líbano que está localizado o Monte Hermon, o Monte da Transfiguração, onde Jesus foi transfigurado (Mateus 17).

Trabalho intenso

O Pastor Steves Dieguez Bravo, de 41 anos, e a esposa, Ana Luiza Bravo, de 40, chegaram ao país há dois anos e, desde então, trabalharam com afinco para estabelecer a Universal no local, aliás, um sonho antigo do líder e fundador da Igreja, Bispo Edir Macedo, conforme revelou em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record TV. Assista o trecho no vídeo abaixo:

Há 24 anos fazendo a Obra de Deus, eles já pregaram a Palavra de Deus no Brasil, em Portugal, Moçambique, Costa do Marfim, Holanda, Suíça, Luxemburgo e França. Mas é a primeira vez que recebem o desafio de começar o trabalho da Universal em um país. “É uma dependência total de Deus. Chegar só com a fé do Alto e a esposa, sem mais absolutamente nada, olhar para os lados, ver todas as placas em árabe e dizer: ‘meu Deus, me conduza’. É muito bom. Posso afirmar que somos outras pessoas”, destaca o Pastor Steves.

Ele conta que se adaptar aos costumes, hábitos e ao clima da região foi muito difícil. No verão, a temperatura chega aos 45° e no inverno cai para -8°. Diferentemente dos outros países que já haviam passado, o Líbano não possui transporte público, a maioria das ruas não tem nome, as casas não têm número, tornando muito difícil encontrar o endereço desejado. Existem transportes alternativos, mas não são recomendados pelas autoridades do país, e os serviços de táxi são muito caros.

Por isso, para irem de um lugar a outro precisam percorrer todo o trajeto a pé, tendo muitas vezes que andar em média 20 quilômetros por dia. “Nos sentimos, muitas vezes, como na época de Jesus e dos apóstolos que andavam dias a pé para levar o Evangelho”, acrescenta.

Esforço diário

Em Beirute, capital do Líbano, existem bairros, à primeira vista, assustadores, totalmente destruídos pelos bombardeios. Mas apesar do sofrimento causado pelas guerras, do esforço diário para se recuperar dos prejuízos causados pelos conflitos e de ter que conviver com o perigo iminente, o Líbano é um país muito ativo, trabalhador e alegre.

O Pastor Steves ressalta ainda algumas diferenças que o Líbano possui em relação aos outros países que já esteve. Somado ao fato do país ser regido por religiões, de possuir leis que não existem em nenhum outro lugar do mundo, ter uma língua completamente diferente da dele, a forma de se comunicarem tem algumas peculiaridades. Algumas palavras são substituídas por sinais com as mãos, com os olhos e até com as sobrancelhas, o que dificulta ainda mais a compreensão.

Embora o árabe seja o idioma oficial, 70% das escolas secundárias usam o francês e 30% o inglês. São esses dois idiomas que o Pastor Steves e a esposa usam para evangelizar, mas já estão se programando para aprenderem também o árabe. Enquanto isso não acontece, quando se deparam com alguém que fala somente o árabe, usam a linguagem dá fé.

O trabalho de evangelização é desenvolvido basicamente por meio de orações que fazem nas ruas, nos locais de trabalho e, quando solicitados, realizam visitas nas casas. Muitos libaneses já provaram do Poder de Deus por meio de curas e libertações.

A reunião de inauguração aconteceu às 10 da manhã, e reuniu pessoas de diversas nacionalidades, como libanesas, singapurianas, sírias, indianas e malgaches (Madagascar).

A nova Universal tem capacidade para 150 pessoas, salas para realização da Educação Bíblica Infanto Juvenil (EBI) – preparadas especialmente para receber crianças e adolescentes -, possui um amplo estacionamento e está localizada no endereço abaixo:

UNIVERSAL HELP

Dora Highway 78 810 165 – Perto da rotunda , 30 metros da KIA , ao lado do Mfe (NEW Building)

Reuniões em Francês e Inglês

Horários: Segunda à Sábado: às 10h, 15, 18h e 19h e aos Domingos às 10h

Acesse aqui e veja a localização no mapa.

Fonte: Universal

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*