Centro de Ajuda – Cabo Verde

LOGO

Embaixador de Israel no Brasil visita Templo de Salomão

Embaixador de Israel no Brasil visita Templo de Salomão

Internacional, Notícias |

“Uma parte de Israel no Brasil.” Assim o embaixador israelense em território brasileiro descreve o Templo de Salomão. Nascido em Bersebá, uma das mais importantes cidades de Israel, Yossi Shelley representa seu país no Brasil há, aproximadamente, um ano.

E, de todos os locais que já conheceu em terras brasileiras, o Templo de Salomão é o que ele descreve como “um pedacinho de Israel”.

Shelley conheceu o Templo de Salomão na manhã de domingo, dia 28 de janeiro (na foto acima de gravata vermelha). Acompanhado do bispo Miguel Peres, o embaixador visitou o Jardim Bíblico, onde se impressionou com a estrutura e o conteúdo apresentados.

“Eu não imaginava que seria tão interessante, tão grande. Agora penso que todas as lideranças de Israel, como ministros, devem chegar aqui e ver o trabalho magnífico que a Universal faz para os judeus, para Israel”, declarou Shelley.

De acordo com o israelense, pisar no Templo é como pisar na própria cidade de Jerusalém. Para ele, não se trata apenas de uma réplica de um prédio bíblico, mas, sim, do verdadeiro Templo de Salomão, instalado em uma das cidades mais importantes do mundo e oferecendo aos brasileiros a oportunidade de conhecerem de perto um pouco mais sobre a cultura israelense.

“Ao entrar aqui você sente a força de Deus”, afirma o embaixador. “Estou muito emocionado. Pude ver coisas que não vi em Israel, porque Israel não tem um templo, agora. Estou me sentindo viajando pela História. Me impressionaram muito a Arca da Aliança e toda a cadeia de informações que são transmitidas. É um grande trabalho.”

Unidos pela fé

Após a visita ao Jardim Bíblico, o embaixador de Israel no Brasil teve um encontro com o bispo Renato Cardoso, responsável pela Universal em nosso País (foto acima). Durante a recepção, Yossi Shelley presenteou o bispo com uma insígnia israelense. O bispo, por sua vez, agradeceu a visita e presenteou o embaixador com o livro e o DVD da inauguração do Templo de Salomão, pelo qual Shelley já havia demonstrado interesse mais cedo.

O próprio bispo Renato Cardoso iniciou a reunião das 9h30, a qual Yossi Shelley assistiu, mas foi o bispo Edir Macedo quem convidou o israelense ao altar. Como homenagem, Shelley deu ao bispo um broche de Israel

‘Orai pela paz de Jerusalém. E aqueles que te amam, Jerusalém, prosperarão’. Salmos 122.6″, explicou o bispo.

O bispo ainda continuou explicando que esse amor de Deus por Israel é muito antigo: “De Abraão Deus constituiu um povo, uma nação para que desta nação viesse a nascer o Salvador e veio Jesus. Jesus nasceu dessa nação: a nação de Israel. E quem é contra Israel é contra Deus. Quem abençoa Israel é abençoado por Deus”.

Por isso é tão importante que brasileiros e israelenses construam uma relação de amor, conforme o próprio Criador orientou. Shelley concorda com as palavras do bispo e ressalta que “É uma honra imensa estar no Templo de Salomão, um lugar único e muito especial, não só para a comunidade cristã brasileira, mas para todas as religiões. Não podemos separar as raízes judaicas do cristianismo. O Templo em que aqui estamos é uma benção.”

Portanto, se você tem a oportunidade de conhecer o Templo de Salomão, faça isso. Independentemente da religião que você pratique, o Templo mantém suas portas abertas para todos. O próprio embaixador israelense, um judeu, afirma que a visita vale para conhecer o edifício e aprender com as reuniões, mas também para conhecer uma história que é comum a todos nós: “O povo ganha por poder ver a verdade. Israel tem uma grande luta contra o antissemitismo. A maioria de todas as pessoas no mundo não sabe quem é Israel. Ela vê um pedaço na televisão sobre assuntos pequenos e acha que é Israel. Mas Israel é 99% em paz, em segurança, muito bonita, é a Terra Santa, a Terra Sagrada. E o Templo de Salomão ajuda muito na missão de apresentar esse país ao mundo.”

Fonte: Universal.org

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*