Igreja Universal – Cabo Verde

LOGO

Batismo nas águas, com o Espírito Santo e no fogo: qual a diferença?

Batismo nas águas, com o Espírito Santo e no fogo: qual a diferença?

Internacional, Notícias |

Um dos personagens mais marcantes da Bíblia conquistou, como uma espécie de sobrenome, o título de uma das funções que realizou na Obra de Deus: João, o Batista.

Todavia, apesar de ter realizado inúmeros batismos, João sempre deixou claro que seria sucedido por Alguém que realizaria batismos ainda maiores. Em Mateus 3.11, está registrada a explicação que o Batista deu aos fariseus e saduceus que lhe procuravam para serem batizados:

“E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas Aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; Ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo.”

Mateus 3.11

Durante a Reunião dos Membros da Igreja do Senhor Jesus, acontecida no último dia 10 de janeiro, o bispo Renato Cardoso se dedicou a explicar a diferença entre os três batismos citados por João: o batismo nas águas, o batismo com o Espírito Santo e o batismo no fogo.

Batismo nas águas: o primeiro passo

Entre as três formas de batismo, essa é a primeira. João estava autorizado por Deus a realizar essa etapa no Rio Jordão porque, na verdade, ela dependia apenas da vontade do próprio homem para acontecer.

O bispo Renato Cardoso explica que “o batismo nas águas significa decisão de mudar: Eu reconheço que eu preciso mudar, eu reconheço que há certas coisas na minha vida que eu fazia, que eu fiz e que eu venho fazendo e que eu preciso abandonar”.

Só quem pode tomar essa decisão é o próprio batizado. Não é o pastor, a família, o bispo e nem mesmo Deus, pois Ele deu o livre-arbítrio para cada um decidir por si.

Note que o arrependimento não é uma emoção, mas uma determinação raciocinada. “Arrependimento não é um sentimento, arrependimento é uma decisão de abandonar os seus erros, os seus pecados, abandonar o que você vinha fazendo de errado”, afirma o bispo.

Dessa maneira, o batismo nas águas só acontece quando o homem está certo de que passará a obedecer a Palavra de Deus. Mesmo que ele entre na piscina do batismo, se não fizer o que a Bíblia orienta, ele não terá sido batizado. O batismo só existe quando há a determinação humana em morrer para o mundo e nascer para a vida na fé.

Batismo no Espírito Santo: a aceitação

Uma vez que o batismo nas águas aconteceu, com aquela pessoa verdadeiramente se entregando ao Senhor Jesus, Ele também Se entrega ao batizado.

“O batismo no Espírito Santo significa confirmação de Deus”, relata o bispo. “Confirmação de que Deus viu que a sua mudança foi sincera, a sua mudança foi real, foi verdadeira, a sua mudança não foi da boca para fora. Você decidiu mudar e você mudou. Você decidiu obedecer e está obedecendo. Você mudou honestamente. Então, em reconhecimento a essa mudança sincera e verdadeira, Ele confirma a sua mudança dando a você o Espírito Santo, que é o selo de Deus.”

A partir desse momento, o homem é capaz de ouvir as orientações de Deus com mais clareza. Ele sabe que todos obstáculos podem ser vencidos quando a fé é utilizada e já não teme o que o mundo pode lhe oferecer de problemas.

Batismo no fogo: a prova

Quando o homem é batizado com o Espírito Santo, ele adquire a certeza descrita acima. Todavia, tudo é apenas teoria enquanto essa fé não é colocada à prova. E esse teste é o que João descreveu como “batismo com fogo”.

“Aqui é aprovação ou reprovação. Ou você vai ser aprovado para coisas maiores ou você vai ser reprovado. O batismo de fogo é uma espécie de prova da nossa fé”, explica o bispo Renato. De acordo com ele, é esse batismo “o que realmente te aprova para coisas grandes ou te reprova, se você não for realmente um artigo genuíno, se você for de uma fé pirata”.

Engana-se, porém, quem acredita que existe apenas um batismo com fogo: “Ele pode acontecer várias vezes ao longo da sua fé. Mas saiba de uma coisa: é Jesus quem batiza, não é o diabo não. Não se esqueça disso: Quando Jesus te batiza com fogo é porque Ele quer te aprovar para coisas maiores.”

Quer mais exemplos de como funcionam os batismos realizados por Deus? Então acesse o Univer Vídeo e assista a reunião completa em que o bispo Renato Cardoso explica essa passagem bíblica.

Fonte: Universal.org

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*